Pular para o conteúdo principal
+1.408.886.7177Teste gratuito
Hand holding cybersecurity lock and shield icon
Segurança

As 10 principais tendências e previsões de segurança cibernética para 2024

Por Verena Cooper
11 minutos de leitura

Inscreva-se

NewsletterFeed RSS

Compartilhar isso

À medida que embarcamos em 2024, o reino da cibersegurança está à beira de mudanças transformadoras. As ameaças cibernéticas não estão apenas a aumentar em frequência mas também estão a tornar-se mais sofisticadas, desafiando os paradigmas tradicionais de segurança. Neste cenário digital em rápida evolução, compreender as tendências futuras é uma questão de previsão e uma necessidade de preparação.

Este artigo tem como objetivo desvendar as 10 principais tendências e previsões de segurança cibernética para o próximo ano, oferecendo insights sobre como tecnologias como a Splashtop estão se alinhando com essas mudanças para fortalecer nossas defesas digitais. Desde a ascensão da IA na cibersegurança até ao crescente significado da segurança móvel, vamos mergulhar profundamente no que o futuro reserva para este campo crítico.

Tendência 1: Maior Foco na IA e Machine Learning em Cibersegurança

Em 2024, a IA e o Machine Learning (ML) devem desempenhar um papel mais crítico na cibersegurança. As capacidades avançadas de análise de dados da IA são cada vez mais utilizadas para identificar e prever ameaças cibernéticas, melhorar os sistemas de detecção precoce. Os algoritmos de ML estão a evoluir para melhor reconhecer e responder a novas ameaças, melhorando as medidas defensivas ao longo do tempo. Espere ver algoritmos de IA fornecendo análise de ameaças em tempo real em 2024, permitindo respostas mais rápidas e precisas a incidentes cibernéticos. O ML provavelmente avançará para adaptar e atualizar protocolos de cibersegurança de forma autónoma, reduzindo a dependência de atualizações manuais.

Podemos também testemunhar o surgimento de bots de segurança orientados por IA, programados para identificar e neutralizar de forma independente as ameaças cibernéticas, tornando a segurança da rede mais proativa e menos reativa. Estes desenvolvimentos significam uma mudança para sistemas de cibersegurança mais inteligentes e autónomos, impulsionados pelos avanços em IA e ML.

Tendência 2: Importância Crescente da Segurança IoT

À medida que 2024 avança, a Internet das Coisas (IoT) continua o seu crescimento exponencial, interligando um número cada vez maior de dispositivos. Esta expansão, no entanto, traz consigo uma série de desafios de segurança. A diversidade e omnipresença dos dispositivos IoT tornam-nos alvos atraentes para ataques cibernéticos, e a sua natureza interligada pode levar a vulnerabilidades generalizadas.

Um foco principal em 2024 será melhorar a segurança da IoT através de vários meios. Espera-se um avanço significativo no desenvolvimento de protocolos de segurança padronizados e mais robustos para dispositivos IoT. Isto pode incluir padrões de encriptação universais e certificações de segurança obrigatórias para novos dispositivos. Outra área de melhoria poderia ser a integração de algoritmos de IA e ML em sistemas IoT. Estas tecnologias podem monitorizar padrões incomuns indicativos de uma violação, permitindo uma resposta mais rápida às ameaças.

Além disso, provavelmente haverá uma ênfase maior na educação dos usuários sobre a segurança da IoT. À medida que os usuários se tornam mais conscientes dos riscos potenciais e das melhores práticas, a postura geral de segurança das redes IoT melhorará. Finalmente, poderemos ver um aumento na utilização da tecnologia blockchain para descentralizar e proteger redes IoT, tornando-as menos vulneráveis a ataques que visam sistemas centralizados. Coletivamente, estes avanços apontam para um ecossistema IoT mais seguro e resiliente em 2024.

Tendência 3: Expansão do Trabalho Remoto e Implicações de Cibersegurança

A expansão do trabalho remoto, uma tendência que ganhou impulso significativo, continua a moldar o panorama profissional em 2024. Esta mudança exige um maior foco na cibersegurança, particularmente na segurança do acesso remoto a ambientes de trabalho. A Splashtop surge como um ator chave neste cenário, oferecendo soluções robustas de acesso remoto que atendem às necessidades de segurança deste modelo de trabalho em evolução.

As soluções da Splashtop são projetadas para garantir acesso seguro e contínuo aos recursos organizacionais, independentemente da localização do usuário. Um aspecto crítico da oferta da Splashtop é sua forte ênfase em criptografia e métodos avançados de autenticação. Estas funcionalidades são vitais na proteção contra acesso não autorizado e ameaças cibernéticas que são cada vez mais prevalentes em configurações de trabalho remoto.

Além disso, a capacidade da Splashtop de fornecer uma conexão segura em diversas redes, mantendo ao mesmo tempo alto desempenho e facilidade de uso, torna-a uma ferramenta indispensável para empresas que se adaptam ao trabalho remoto. Isto garante a continuidade operacional e um ambiente digital seguro, o que é crucial face ao aumento das ameaças cibernéticas associadas ao acesso remoto. À medida que avançamos em 2024, soluções como a Splashtop para fortalecer a estrutura de segurança cibernética para trabalho remoto tornam-se cada vez mais significativas, destacando a sua importância numa era de trabalho digitalmente conectado.

Tendência 4: A ascensão da computação quântica e o seu impacto na cibersegurança

A computação quântica, um campo que avança rapidamente em 2024, está a revolucionar a forma como pensamos sobre o processamento de dados e a resolução de problemas. Ao contrário da computação clássica, que utiliza bits representados como 0s ou 1s, a computação quântica utiliza qubits. Os qubits podem existir em vários estados simultaneamente, graças à superposição quântica. Isto permite que os computadores quânticos processem grandes quantidades de dados a velocidades sem precedentes, resolvendo problemas complexos muito mais rápido do que os computadores tradicionais.

A ascensão da computação quântica apresenta oportunidades e desafios para a cibersegurança. Por um lado, o seu imenso poder de processamento oferece o potencial para reforçar as medidas de cibersegurança. A computação quântica pode melhorar os métodos de encriptação, desenvolver algoritmos mais sofisticados para detetar ameaças cibernéticas e gerir com eficiência operações de dados em larga escala e seguras.

Por outro lado, a computação quântica representa ameaças significativas aos actuais protocolos de cibersegurança. A sua capacidade de quebrar rapidamente os métodos tradicionais de encriptação, como RSA e ECC, pode deixar muitos sistemas de segurança existentes vulneráveis. Esta vulnerabilidade destaca a necessidade urgente de desenvolver técnicas de encriptação resistentes a quânticos, um campo conhecido como criptografia pós-quântica.

À medida que avançamos para 2024, o cenário da cibersegurança terá de evoluir rapidamente para aproveitar os benefícios e mitigar os riscos apresentados pela computação quântica. Isto inclui actualizar os métodos de encriptação atuais e preparar os sistemas para serem resilientes contra as capacidades avançadas das tecnologias quânticas.

Tendência 5: Evolução dos ataques de phishing

Os ataques de phishing são há muito uma ameaça persistente no mundo da cibersegurança e, em 2024, continuam a evoluir em sofisticação e eficácia. Os ataques de phishing modernos tornaram-se adeptos de contornar as medidas de segurança tradicionais, usando táticas mais personalizadas e tecnicamente avançadas para enganar os utilizadores. Face a estes ataques avançados de phishing, sistemas de autenticação robustos são fundamentais para aumentar a segurança.

Soluções como o Foxpass desempenham um papel fundamental nesse sentido. O Foxpass pode reforçar as defesas contra phishing implementando sistemas fortes de autenticação de vários fatores (MFA). O MFA exige que os utilizadores forneçam dois ou mais fatores de verificação para obter acesso a um recurso, tornando muito mais difícil para os invasores obterem acesso não autorizado, mesmo que tenham enganado um utilizador para revelar um conjunto de credenciais. Adicionalmente, o papel do Foxpass pode estender-se à gestão de privilégios de acesso, garantindo que os utilizadores tenham o acesso mínimo necessário para executar as suas tarefas. Este princípio do menor privilégio pode limitar o dano potencial causado por credenciais comprometidas. A capacidade do Foxpass de se integrar aos sistemas existentes e oferecer registros de acesso detalhados fornece uma camada adicional de segurança. Ao monitorizar e analisar padrões de acesso, pode ajudar a identificar atividades incomuns que podem indicar uma violação induzida por phishing. À medida que as técnicas de phishing continuam a evoluir, a importância de incorporar soluções de autenticação avançadas como o Foxpass torna-se cada vez mais vital na proteção de sistemas e dados.

Tendência 6: Foco melhorado na segurança móvel

Em 2024, à medida que os dispositivos móveis se tornam cada vez mais parte integrante da vida pessoal e profissional, o foco na segurança móvel intensificou-se. A maior dependência de dispositivos móveis para várias tarefas, incluindo trabalho remoto, transações financeiras e comunicações pessoais, torna-os alvos atraentes para ameaças cibernéticas. Este cenário sublinha a necessidade de soluções robustas de segurança móvel.

A Splashtop respondeu a essa necessidade crescente oferecendo soluções seguras de acesso móvel. A sua plataforma foi concebida para fornecer acesso remoto seguro e contínuo de dispositivos móveis a computadores ou redes. As principais características incluem protocolos de encriptação fortes, garantindo que os dados transmitidos entre dispositivos permanecem protegidos contra interceptação ou acesso não autorizado. Além disso, as soluções móveis da Splashtop incorporam autenticação multi-fatores e recursos de registro de sessão, aumentando ainda mais a segurança. Estas funcionalidades são cruciais para prevenir o acesso não autorizado e monitorizar qualquer atividade suspeita que possa ocorrer durante uma sessão remota.

Além disso, a ênfase da Splashtop em interfaces fáceis de usar garante que a segurança aprimorada não seja prejudicada pela conveniência. Os utilizadores podem aceder com segurança aos seus ambientes de trabalho ou pessoais a partir dos seus dispositivos móveis sem navegar por procedimentos de segurança complexos. À medida que o uso de dispositivos móveis continua a aumentar, o papel de soluções como a Splashtop no fornecimento de acesso móvel seguro torna-se cada vez mais vital. A sua capacidade de combinar segurança de alto nível com facilidade de utilização posiciona-os como um dos principais intervenientes na resolução dos desafios de segurança móvel de 2024.

Tendência 7: Segurança Zero Trust

O conceito de segurança Zero Trust ganhou impulso significativo em 2023, evoluindo de uma abordagem de nicho para um aspeto fundamental da estratégia de cibersegurança. Na sua essência, o Zero Trust opera com o princípio de "nunca confie, verifique sempre." Ao contrário dos modelos de segurança tradicionais que se concentram em proteger o perímetro, o Zero Trust assume que podem existir ameaças tanto fora como dentro da rede.

Num modelo Zero Trust, cada pedido de acesso, independentemente da sua origem ou da rede em que está, é tratado como uma ameaça potencial. Isto requer uma verificação rigorosa de identidade, controlos de acesso rigorosos e monitorização contínua das atividades de rede. A implementação do Zero Trust envolve uma abordagem abrangente que abrange vários aspectos da cibersegurança, incluindo autenticação do utilizador, segurança de endpoint e acesso de privilégio mínimo.

Um dos principais benefícios do Zero Trust é a sua eficácia na mitigação dos riscos representados por ameaças internas e movimento lateral de atacantes dentro de uma rede. À medida que as organizações adotam cada vez mais serviços cloud e modelos de trabalho remoto, a relevância da segurança Zero Trust torna-se mais pronunciada, oferecendo uma abordagem flexível e adaptável para proteger ambientes de TI diversos e distribuídos.

A transição para uma estrutura Zero Trust em 2024 representa uma mudança de paradigma na cibersegurança, com foco na verificação contínua e direitos de acesso mínimos para reduzir vulnerabilidades e melhorar a segurança geral da rede.

Tendência 8: Lacuna de competências de cibersegurança e educação

Em 2024, o setor da cibersegurança continua a enfrentar um desafio significativo: a lacuna de competências. À medida que as ameaças cibernéticas se tornam mais sofisticadas, a procura por profissionais de cibersegurança qualificados sobem. No entanto, há uma escassez perceptível de indivíduos equipados com as habilidades e conhecimentos necessários para combater eficazmente estas ameaças em evolução. Esta lacuna representa um risco não só para as organizações individuais mas também para a infra-estrutura cibernética global.

Para resolver este problema, foram postas em prática uma variedade de iniciativas. As instituições de ensino estão a expandir os seus currículos de cibersegurança, oferecendo diplomas especializados e certificações concebidas para equipar os alunos com os mais recentes conhecimentos e competências em defesa cibernética. Estes programas focam cada vez mais na formação prática, preparando os alunos para os desafios do mundo real que enfrentarão na cibersegurança.

Além disso, o desenvolvimento profissional e a aprendizagem contínua estão a tornar-se partes integrantes de uma carreira de cibersegurança. Organizações e organismos da indústria oferecem vários programas de formação, workshops e seminários para ajudar os profissionais atuais a ficarem a par das últimas tendências, ferramentas e técnicas de cibersegurança. Estes programas são frequentemente adaptados para cobrir aspectos específicos da cibersegurança, tais como segurança de rede, inteligência contra ameaças ou resposta a incidentes.

Além disso, há uma ênfase crescente nas parcerias público-privadas na educação em cibersegurança. As empresas estão a colaborar com instituições de ensino para desenvolver programas de formação diretamente alinhados com as necessidades da indústria. Estas parcerias não são benéficas apenas para os estudantes, que adquirem competências relevantes e actualizadas, mas também para a indústria, que ganha acesso a uma força de trabalho mais bem preparada para enfrentar os desafios cibernéticos atuais e futuros. À medida que avançamos até 2024, estas iniciativas educacionais e de formação desempenham um papel crucial na redução da lacuna de competências de cibersegurança, conduzindo, em última análise, a um ecossistema digital mais robusto e resiliente.

Tendência 9: Blockchain e Cibersegurança

À medida que avançamos em 2024, a tecnologia blockchain está a ser cada vez mais reconhecida pelo seu potencial para melhorar significativamente as medidas de cibersegurança. A Blockchain, na sua essência, é uma tecnologia de registo descentralizada conhecida pelas suas características de segurança inerentes, como imutabilidade, transparência e resistência à adulteração. Estas características tornam-no uma opção apelativa para proteger transações digitais e proteger os dados contra ameaças cibernéticas.

Uma das principais maneiras pelas quais a blockchain está a melhorar a cibersegurança é através da sua capacidade de prevenir a adulteração de dados. Uma vez que os dados são registados numa cadeia de blocos, não podem ser alterados sem o consenso da rede, tornando quase impossível para os hackers manipularem. Esta funcionalidade é particularmente útil para proteger dados confidenciais, tais como informações de identidade pessoal, transações financeiras e dados críticos de infra-estruturas. A Blockchain também está a ser utilizada para criar sistemas de gestão de identidade mais seguros e descentralizados. Ao armazenar dados de identidade numa cadeia de blocos, os indivíduos e as organizações podem ter um maior controlo sobre quem acessa as suas informações, reduzindo o risco de roubo de identidade e fraude.

Olhando para o resto de 2024, prevê-se que o blockchain desempenhe um papel mais integral na segurança dos dispositivos da Internet das Coisas (IoT). A integração do blockchain nas redes IoT permite que cada dispositivo opere como um nó seguro e independente, tornando toda a rede mais resiliente a ataques que normalmente exploram pontos fracos de segurança centralizados. Além disso, espera-se que os contratos inteligentes baseados em blockchain aumentem o uso na automação e proteção de acordos digitais. Estes contratos auto-executáveis podem aumentar a segurança em várias transações online, garantindo a conformidade e reduzindo o risco de violações.

Em resumo, à medida que a tecnologia blockchain continua a amadurecer em 2024, espera-se que o seu papel na cibersegurança se expanda, oferecendo soluções inovadoras para proteger dados digitais, gerir identidades e proteger redes IoT, fortalecendo assim o panorama digital contra a evolução das ameaças cibernéticas.

Tendência 10: Seguros de cibersegurança tornando-se mainstream

Em 2024, o seguro de cibersegurança tornou-se um componente principal das estratégias de gestão de risco empresarial. À medida que as ameaças cibernéticas crescem em complexidade e frequência, as organizações estão a recorrer cada vez mais ao seguro de cibersegurança para mitigar os riscos financeiros associados a violações de dados e ataques cibernéticos. No entanto, o custo deste seguro é significativamente influenciado pela postura de cibersegurança da organização.

O uso de soluções de segurança cibernética estabelecidas como a Splashtop pode ter um impacto direto na redução dos custos de seguro de segurança cibernética. As soluções seguras de acesso remoto da Splashtop melhoram a defesa de uma organização contra ameaças cibernéticas, especialmente em cenários de trabalho remoto. Ao implementar criptografia robusta, autenticação multifatorial e registros de acesso abrangentes, a Splashtop fortalece a infraestrutura de segurança, reduzindo a probabilidade de ataques cibernéticos bem-sucedidos. As seguradoras avaliam frequentemente o nível de risco de uma organização com base nas suas medidas de segurança; portanto, ter fortes defesas em vigor pode levar a prémios de seguro mais favoráveis.

Além disso, a integração de soluções como a Splashtop demonstra às seguradoras que uma organização é proativa em relação à sua segurança cibernética. Esta postura proativa é muitas vezes vista de forma positiva pelas seguradoras, uma vez que sugere um perfil de risco mais baixo. Em essência, ao investir em soluções fiáveis de cibersegurança, as organizações não só melhoram a sua segurança mas também se posicionam para custos de seguro de cibersegurança potencialmente mais baixos, refletindo o seu compromisso com práticas robustas de gestão de risco.

Experimente a Splashtop gratuitamente

À medida que exploramos as principais tendências e previsões de cibersegurança para 2024, é claro que o cenário digital está a evoluir rapidamente, trazendo novos desafios e necessitando de defesas mais fortes. Uma solução chave para esses desafios é a Splashtop, que oferece recursos de acesso remoto robustos e seguros que são cruciais no mundo interconectado de hoje.

Estás pronto para elevar a prontidão para a cibersegurança da tua organização? Experimente o poder e a confiabilidade da Splashtop em primeira mão. Esta é a sua oportunidade de ver como a Splashtop pode se integrar perfeitamente à sua estratégia de segurança cibernética, proporcionando maior segurança e tranquilidade em uma era de ameaças digitais cada vez maiores.

Não esperes que aconteça uma violação. Seja proativo na proteção dos teus ativos digitais e dados. Inscreva-se hoje mesmo para uma avaliação gratuita da Splashtop!

Splashtop's SEO Manager Verena Cooper.
Verena Cooper
Verena é um International SEO Manager na Splashtop. Com grande interesse em tecnologia e segurança cibernética, ela é uma usuária ávida da solução de acesso remoto da Splashtop.
Teste gratuito

Conteúdo Relacionado

Insights de acesso remoto

O melhor guia de ligação ao ambiente de trabalho remoto

Saiba mais
Suporte de TI e Help Desk

Acesso remoto sem supervisão: Liberta a tua eficiência

Insights de acesso remoto

O que é o acesso não assistido & Os seus casos de utilização?

MSP

O que é a monitorização e gestão remotas?

Ver Todos os Artigos de Blog
Receba as últimas notícias da Splashtop
AICPA SOC icon
  • Conformidade
  • POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  • Termos de Uso
Copyright ©2024 Splashtop Inc. Todos os direitos reservados. Todos os preços de $ mostrados em USD. Todos os preços apresentados excluem quaisquer impostos aplicáveis.