Pular para o conteúdo principal
+1.408.886.7177Teste gratuito
Two university students studying in a classroom
Ensino a distância

Pesquisa considera a segurança de TI uma das principais prioridades para uma educação elevada

5 minutos de leitura

Comece a utilizar o Acesso e Suporte Remoto da Splashtop

Teste gratuito

Inscreva-se

NewsletterFeed RSS

Compartilhar isso

As instituições de ensino superior viram-se a navegar no labirinto intrincado da inovação e da cibersegurança. O universo académico, conhecido pelo seu ethos de acesso aberto e a troca livre de ideias, está a braços com um paradoxo: Como manter os seus valores intrínsecos enquanto salvaguarda os seus ativos digitais?

Estudos recentes sublinham uma crescente ênfase na segurança das TI nas instituições de ensino superior. Este blogue mergulha nestas descobertas recentes, ilumina a necessidade urgente e as abordagens estratégicas para fortificar as medidas de cibersegurança em ambientes académicos no meio da escalada das ameaças e das paisagens digitais em evolução.

O panorama de ameaças crescentes no ensino superior

Navegando pelos corredores digitais do século XXI, as instituições de ensino superior tornaram-se inadvertidamente um hotspot para atividades cibercriminosas. O fascínio de uma grande variedade de dados sensíveis, juntamente com defesas cibernéticas frequentemente menos fortificadas, escalou o cenário de ameaças para níveis sem precedentes dentro de contextos académicos.

Só em 2021, os setores da educação e investigação testemunharam um impressionante aumento de 75% nos ataques cibernéticos, numa média de 1605 ataques por organização, por semana. Este pico não é apenas numérico mas encarna uma sofisticação e um alvo estratégico que deixou até as instituições mais preparadas vulneráveis.

Os ciberataques são muitas vezes planeados e executados meticulosamente, explorando vulnerabilidades tecnológicas e humanas. As ameaças cibernéticas são multifacetadas e em constante evolução, desde ataques de ransomware que paralisam infraestruturas inteiras de TI a esquemas de phishing que eliminam discretamente dados sensíveis.

As repercussões dos ciberataques transcendem para além das implicações financeiras imediatas e das interrupções técnicas. Por exemplo, a notificação do FBI em maio de 2022 destacou uma realidade arrepiante onde foram encontradas credenciais de login sensíveis de faculdades e universidades para venda online, abrindo as comportas para potenciais ataques cibernéticos subsequentes.

Além disso, os ataques de negação de serviço distribuída (DDoS) e ataques de ransomware podem forçar as instituições a paralisar, interrompendo os projetos de investigação das atividades académicas e até levando a danos de reputação substanciais que podem afetar inscrições e parcerias durante anos.

Os riscos são inegavelmente altos. As violações de dados comprometem dados e informações de pesquisa de estudantes e professores, incluindo dados sensíveis e proprietários de agências governamentais, militares e colaboradores do setor privado. Os efeitos ondulados de tais violações podem permear vários setores da sociedade, destacando o quão crítico é fortalecer a cibersegurança no ensino superior.

Um espantoso 74% dos ataques a faculdades e universidades foram bem-sucedidos, revelando uma necessidade premente de estruturas de cibersegurança fortificadas.

As instituições de ensino superior estão a braços com taxas mais elevadas de ataques bem-sucedidos e enfrentam desafios únicos na recuperação. Com 40% a demorar um mês a recuperar de um ataque e apenas 2% das instituições a terem todos os dados devolvidos em segurança mesmo depois de pagarem resgates, o setor está numa posição precária que exige intervenções urgentes e estratégicas.

Como resultado do aumento das ameaças cibernéticas, os líderes do ensino superior enumeraram a segurança como a prioridade principal.

Porque é que o ensino superior é um alvo privilegiado para ciberataques

A confluência de dados ricos e diversos e um ambiente colaborativo inerentemente aberto torna as instituições de ensino superior particularmente suscetíveis a ameaças cibernéticas. Entender porque é que estas instituições são alvos principais é fundamental para criar estratégias de cibersegurança robustas e eficazes.

Riqueza de Dados Diversos

Os dados multifacetados, que abrangem informações pessoais, médicas e financeiras dos estudantes, apresentam um alvo lucrativo para os cibercriminosos, oferecendo várias vias para exploração e fraude.

As universidades de pesquisa, em particular, abrigam dados que abrangem agências governamentais, militares e colaboradores do setor privado, muitas vezes envolvendo informações sensíveis, proprietárias ou mesmo classificadas, tornando-as num alvo ideal para a ciberespionagem e roubo de dados.

Complexidade e abertura das redes educativas

Muitas vezes operando com sistemas legados devido a restrições orçamentais e uma história de adoção precoce da internet, as universidades podem lidar com vulnerabilidades intrínsecas a tecnologias e infraestruturas desatualizadas.

As vastas e extensas redes de grandes campi e uma infinidade de dispositivos e ferramentas de IoT apresentam numerosos pontos de entrada e vulnerabilidades que podem ser exploradas por agentes mal-intencionados.

Orçamentos e recursos limitados

Cercadas por orçamentos muitas vezes rigorosos e uma dependência dos fundos dos doadores, as instituições de ensino podem encontrar os seus quadros de cibersegurança a competir por recursos contra outros departamentos críticos, como académicos e atletismo.

A alocação de recursos limitados muitas vezes inclina-se para necessidades imediatas e visíveis, por vezes deixando a cibersegurança para ser tratada retroativamente a seguir os incidentes em vez de fortificada proativamente.

O papel da Splashtop no aprimoramento da segurança de TI no ensino superior

No cenário complexo da segurança cibernética do ensino superior, a Splashtop surge como um aliado fundamental, fornecendo às instituições soluções avançadas e fáceis de usar, projetadas para fortalecer a segurança de TI e, ao mesmo tempo, facilitar o acesso remoto contínuo. Vamos explorar as soluções educacionais da Splashtop e como elas estão posicionadas de forma única para melhorar a segurança de TI nas instituições de ensino superior.

Soluções de acesso remoto seguro

  • Acesso Seguro: A Splashtop fornece soluções seguras de acesso remoto, garantindo que os usuários possam se conectar aos recursos institucionais de forma segura a partir de qualquer local, protegidos por criptografia robusta e autenticação multifatorial.

  • Garantia de conformidade: Garantindo que o acesso remoto seja seguro e esteja em conformidade com as estruturas regulatórias relevantes, a Splashtop protege as instituições contra violações de conformidade e repercussões associadas.

  • Aprendizagem Acessível: Ao fornecer acesso remoto seguro e confiável aos recursos de computação escolar, a Splashtop garante que os ambientes de aprendizagem híbridos não sejam apenas flexíveis e acessíveis, mas também seguros.

Melhorar a Gestão e o Suporte de TI

  • Suporte remoto de TI: A Splashtop permite que as equipes de TI forneçam suporte remoto a alunos, professores e funcionários, garantindo que os problemas de TI possam ser resolvidos prontamente sem comprometer a segurança.

  • Gestão segura das TI: as equipas de TI podem gerir os recursos de TI institucionais, realizar a manutenção e resolver problemas com segurança a partir de qualquer local, garantindo operações ininterruptas e seguras.

Capacitar docentes e funcionários

  • Trabalho remoto seguro: Os professores e a equipa podem aceder aos seus recursos de trabalho com segurança a partir de qualquer localização, garantindo a continuidade do trabalho administrativo e académico enquanto mantêm a cibersegurança.

Conclusão

A interseção dos avanços tecnológicos e o cenário crescente de ameaças cibernéticas apresenta um desafio complexo e multifacetado para as instituições de ensino superior. Equilibrar o ethos aberto e colaborativo da academia com o imperativo de salvaguardar dados e sistemas sensíveis exige uma abordagem matizada e abrangente à cibersegurança.

O caminho à frente envolve soluções tecnológicas robustas, estratégias organizacionais e uma cultura generalizada de consciência sobre cibersegurança.

A Splashtop surge como um parceiro estratégico nesta jornada, fornecendo às instituições de ensino superior soluções de acesso remoto seguras, flexíveis e fáceis de usar que não comprometem a segurança ou a conformidade. Desde a facilitação de ambientes de aprendizagem híbridos seguros até a capacitação de equipes de TI e a garantia de operações seguras e contínuas, o conjunto de soluções da Splashtop foi projetado para navegar pelos desafios e requisitos únicos do setor de ensino superior.

Conecte-se conosco para explorar como a Splashtop pode melhorar a segurança de TI em sua instituição, garantindo que você possa navegar com confiança no futuro do ensino superior.


Conteúdo Relacionado

Trevor Jackins Senior Digital Marketing Manager at Splashtop
Trevor Jackins
Trevor Jackins é um Senior Digital Marketing Manager no Splashtop. Ele também é um usuário apaixonado do software de acesso remoto da Splashtop, pois o usa para acessar remotamente o computador do escritório para trabalhar em casa! A empolgação de Trevor pelo Splashtop decorre de seu interesse em como a tecnologia pode melhorar nossa vida diária.

Conteúdo Relacionado

Suporte de TI e Help Desk

Assistência remota para Windows, Mac, iOS, Android e Chromebook

Saiba mais
Comparações

Microsoft Remote Desktop para Mac: Características, limitações & Alternativas

Insights de acesso remoto

Como Usar o Software de Desktop Remoto: Um Guia Completo

Suporte de TI e Help Desk

O que é Suporte Remoto? Ofereça suporte a Desktops e Dispositivos Móveis

Ver Todos os Artigos de Blog
Receba as últimas notícias da Splashtop
AICPA SOC icon
  • Conformidade
  • POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  • Termos de Uso
Copyright ©2024 Splashtop Inc. Todos os direitos reservados. Todos os preços de $ mostrados em USD. Todos os preços apresentados excluem quaisquer impostos aplicáveis.